quinta-feira, 30 de julho de 2009

Cruel sinceridade

Com tantas almas e corações
Que procuram um pouso
Um repouso, um lar
Alguém para amar

Justamente a ti fui me entregar
Loucura, obsessão desejo de sofrer?
Você é meu abismo não vejo o fim
Mesmo assim insisto em pular

Meu anjo, demônio...
De ti preciso escapar
Pra não me apaixonar

Sabendo o final da história
Precipito o fim
Antes que você o faça por mim

Com esse jeito sedutor
Imagino poder ser dona do teu amor
Do teu corpo e calor

E nessa tortura de entrega
Não posso acusar-te a maldade
Porque desde o inicio seduziu-me
Pela sua mais cruel sinceridade

╬ TÎG€Я ╬

Um comentário:

Mario disse...

"Se o seu coração é capaz de sentir os seus sonhos, e se você os deseja realmente, não se desespere por nada; pois quando você olhar para o céu e ver as estrelas brilhando acredite: esse é o momento em que os seus sonhos poderão ser verdadeiros."
Beijinhos e NÃO DESISTA!!!